Skip to main content
Anúncios

Flamengo quer construir seu próprio estádio com a mesma capacidade do Maracanã, o projeto já está em andamento

Nesta quinta-feira Rodolfo Landim terá reunião com o prefeito Eduardo Paes para conversar sobre a possibilidade de o local escolhido ser na área do Parque Olímpico.

O sonho de ter um estádio próprio já estava atrasado, mas recuperou força no Flamengo. A ideia não é apenas ter um local menor para complementar o Maracanã, mas uma casa equivalente que tenha capacidade para receber um grande público.


Este trabalho será feito com a participação de investidores. Entre outras administrações de clubes, várias parcelas de terra foram analisadas. O local preferido agora fica na área do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, e o Flamengo também tem interesse em usar esses locais para esportes olímpicos, como o basquete.

O presidente Rodolfo Landim e o prefeito Eduardo Paes se reunirão nesta quinta-feira para tratar do assunto. No entanto, o político usou as redes sociais para se manifestar, lembrando que o Parque Olímpico é uma área privada:

– Sempre à disposição para ajudar qualquer clube do Rio, mas gostaria de lembrar que o Parque Olímpico é uma área totalmente privada, com exceção de algumas arenas. Foi dessa forma que conseguimos fazer as Olimpíadas sem gastar recursos públicos na construção de estádios.

Eduardo Paes

No planejamento da diretoria, foi importante ter um estádio com capacidade semelhante ao Maracanã, pois pode receber todos os tipos de partidas. Se a demanda pelo end game for baixa, as divisões podem ser fechadas, reduzindo assim as taxas, que já estão em vigor hoje.


O assunto ressurgiu por conta das ações do Conselho Civil nos assuntos do Maracanã, como o pedido do Vasco para jogar em campo em partida contra o Sport, que foi rejeitado por planejamento de campo.

Flamengo atualmente está licenciado junto com o Fluminense e não descarta abrir mão de participar da licitação. A expectativa de demanda compartilhada com outros grandes clubes cariocas não é satisfatória.


Diante dessa situação, internamente, cresceu o desejo por mais autonomia governamental. Clube afirma que está no vermelho durante partidas realizadas à porta fechada devido ao Covid-19, além de ter feito melhorias estruturais e no gramado.

Até que um novo edital seja lançado oficialmente, o Flamengo segue como admistrador do Maracanã.

Equipe Redação

Formado em Administraçao de Empresas e apaixonado por Futebol. Escrevo regularmente para o site futebolesperto.com e forneço análises detalhadas e análises aprofundadas de aplicativos para ajudar os usuários.