Tag: Gaviões

Corinthians pode ser punido por torcedor do Timão rasgar dinheiro

Torcedores do Corinthians rasgaram cédulas de pesos argentinos e jogaram no argentino durante partida entre o clube brasileiro e o Boca Juniors no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, na noite desta terça-feira (5), com punição da Conmebol “Essa foto deve ser analisada”. O Corinthians venceu por 6 a 5 nos pênaltis e 0 a 0 no tempo regulamentar e avançou para as quartas de final da Libertadores.

A economia no país está desalinhada. O Corinthians já foi multado em U$30 mil (R$ 162 mil) na Libertadores por ato semelhante na partida da fase de grupos contra o Boca, na Bombonera, no dia 17 de maio. O clube está sujeito ao artigo 10.2 D do Código Disciplinar, que trata das atitudes dos torcedores que podem resultar em sanções aos participantes do Liberator.

O texto diz que as penalidades podem ser impostas se “o uso de gestos, palavras, objetos ou outros meios para veicular qualquer informação imprópria, especialmente informação política, ofensiva ou provocativa, em um evento esportivo” for notado. Na decisão de 24 de junho, Eduardo Gross Brown, presidente do Tribunal Disciplinar da Conmebol, soube que os gestos eram característicos dos brasileiros enviarem mensagens políticas provocativas aos argentinos.

A corte também obrigou o clube argentino a entrar em campo durante o jogo desta terça-feira com as palavras “Chega de Racismo”, com a mesma mensagem exibida nas telas da Bombonera durante todo o jogo. Nenhum ato racista foi registrado na terça-feira.

Os torcedores do Fortaleza já foram pegos rasgando pesos no argentino durante o jogo de 13 de abril contra o River Plate. Neste caso, o clube brasileiro não tem queixas. No mesmo confronto, um torcedor do River jogou bananas no brasileiro e o clube foi multado em US$ 30.000 de acordo com a Seção 17 da Lei Disciplinar sobre Discriminação.

As multas são mais altas, mas não há risco de ter que aceitar penalidades. Jogue com portões fechados ou em parte da banida Arena Neo Química. O caso não se enquadra na cláusula de discriminação, que agrava as penas após comportamento racista registrado no torneio da Conmebol em 2022.

Corinthians busca um 9: Cavani, Talisca o presidente fala

Após a saída de Jô o presidente Duilio Monteiro do Corinthians busca novo centroavante para fechar a vaga aberta.

O presidente Duilio falou em entrevista nesta segunda-feira(13) sobre a busca por um centroavante pela vaga aberta após Jô rescindir com o Corinthians na última quinta-feira, o clube deverá buscar um jogador para recompor a posição. Nas redes sociais havia uma movimentação de que Cavani poderia vir para o Timão, porém Duilio jogou um balque de água fria nessa questão e disse que não tem possibilidade de voltar as conversas com o uruguaio Cavani, o jogador deixou o Manchester United.

“A gente ainda não tem isso definido. Lá atrás, foi uma consulta. A gente sabe que são valores muito altos. Aguardamos as movimentações de mercado, nosso técnico e comissão analisam alguns nomes. Não dá para criar expectativa na torcida, e não tivemos mais nenhum contato com o Cavani. Tem um mês para a abertura da janela, temos jogos decisivos antes dela, estamos focados nisso, mas acompanhamos alguns nomes e as movimentações do mercado”

No mês de julho abre a janela para o futebol brasileiro vai até o dia 18. O Corinthians ainda irá jogar as oitavas de final da Libertadores, contra o poderoso Boca Juniors da Argentina no dia 28 de junho e 5 de julho, na Copa do Brasil contra o Santos no dia 22 de junho e 13 de julho, o presidente foi questionado se pode influenciar nas decisões do clube:

“Sim, temos que olhar todos os cenários. Aqui todos acreditamos que vamos passar para as quartas da Libertadores e da Copa do Brasil, mas precisamos ter pés no chão. Caso os objetivos não sejam atingidos, isso pode ter um reflexo na parte financeira do clube. Olhamos com calma também por isso, mas confiantes de que estaremos nas quartas dos dois campeonatos”

Duilio

Sobre o Talisca?

Alguns torcedores do Timão citsm muito o jogador Anderson Talisca do Al Nassr, da Arábia Saudita, sobre ele o presidente diz que não tem conversas com jogador.

“Sobre Talisca, nunca existiu. É uma vontade de muitos torcedores. É um jogador que já demonstrou vontade de jogar no Corinthians, então em toda janela que se abre, o nome dele aparece. Mas nunca existiu conversa com ele, e não está nos planos hoje. Pode ser no futuro, mas hoje não existe nada”.

Duilio

Quem sabe o presidente repense algunas aspectos, mas Talisca é um bom nome.

Futebol Esperto

© Futebol Esperto. Todos os direitos reservados.